“O Grupo Épsilon Investimentos, S.A., no passado designado por SCI, resultou de um esforço conjunto de quatro amigos que, tendo assumido várias funções no Estado, decidiram lançar uma iniciativa privada, primeiro para a criação de um Banco que, mais tarde, este se estendeu para vários outros sectores.

Esta iniciativa, quando aberta a outros moçambicanos, teve uma adesão surpreendente, como é o caso do famoso artista Malantagana Valente Ngwenha,  que nos abordou numa estação de serviços dizendo “Quero ser sócio do Banco”. Esta participação foi motivada não só por razões materiais, pois também estava implícita a vontade de fazer parte de um esforço colectivo em contribuir para o desenvolvimento de Moçambique com projectos em vários domínios. Este esforço de juntar muitos accionistas, foi certamente pioneiro no Moçambique independente.

Felizmente, o projecto de referência, ou seja o BCI – Banco Comercial e de Investimentos, foi um grande sucesso, pois em menos de 10 anos, passou a ser o segundo maior Banco de Moçambique em activos e depósitos e criou grande valor para os accionistas da SCI.

Esta ideia mestre de unir esforços para realizar projectos, que seria impensável para cada accionista individual, continua a ser o ‘leitmotiv’ do Grupo Épsilon que tem hoje interesses em vários sectores de actividade.”

Dr. Abdul Magid Osman
PCA – Epsilon Investimentos, SA